Crônicas&Desabafos: Caixas, Parceiras, até onde dá pra chegar?


Semana passada, deparei-me com uma situação um tanto quando… Cômica. Uma pessoa reclamando no Facebook sobre caixas amassadas de Kit’s recebeu da Editora (Não vou falar quem foi, qual Editora é, pois acho que todos ficaram sabendo disso). A pessoa tira foto das caixas e postou na rede social.
Ok. Também já recebi caixas amassadas, envelopes de livros abertos. Passei por situação que se colocar aqui no blog vocês vão ficar chocados.
Mas, ok, o problema nem era meu, mas aquela situação ridícula me chamou atenção, até que ponto podemos reclamar do que recebemos? E até que ponto pode exigir coisas de nós Blogueiros?
Não é novidade para nenhum dos meus leitores que minha decepção com a blogosfera é grande.
Um quer passar em cima do outro o tempo todo, inclusive já vi picuinhas no twitter por causa de frase de livro, isso mesmo frase de livro.
Esse problema da caixa amassada é pouco, muito pouco. Tive que ler coisa pior que chegou à minha caixa de e-mails ontem muito pior.
 A Blogosfera literária se tornou um lugar onde estar no topo é muito importante, muitos realmente não estão nem aí para o que você faz da vida, ou deixa de fazer. Vamos aos pontos mais vistos:
– Se ganhou um prêmio, o responsável avisa que em tantos dias manda. A pessoa MESMO ASSIM dá a loka nas redes sociais.
– Reclamação de Editoras que não tratam bem os blogueiros – isso é o que mais têm, inclusive eu já reclamei muito!

Blogs literários têm crescido quem nem erva daninha. E isso acaba preocupando as Editoras com as Parcerias. É compreensível que não vão firmar parceria com todos. Afinal de contas muitos têm o mero interesse de não precisar comprar livros. Então por esse motivo elas acabam exagerando nas regras na ora de abrir vagas, ou quando algum blogueiro manda proposta.

Recebi o seguinte e-mail ontem:
“Boa Tarde, Helena (sim é HelEna para todos, porque devem achar que escrevo meu nome errado de propósito.)
Infelizmente não podemos firmar parceria com seu blog.
O requisito principalmente para parceria é ter no mínimo 500 seguidores.
Se você não conseguiu 500 seguidores em 4 anos de blog, sugiro que faça outra coisa, querida!
Muito sucesso.”

A pessoa me escreve “muito sucesso” ainda. Ou seja, português, conteúdo do blog, interpretação de texto, tempo que você está na blogosfera, isso não conta mais? Ou seja, o conteúdo do blog é um mero enfeite para não ser lido.
E o que decepciona mais ainda, é o fato de ter recebido respostas semelhantes outras duas vezes já. Uma inclusive falou que não firma parceria com blogs WordPress. Desculpas criativas ou não elas existem.

Continuo a me perguntar até que ponto os dois lados podem ir com essa história de Blogueiro x Editora.

Uma das coisas que questionei com o moço da caixa amassada (que inclusive xinguei ele e xingo mesmo), foi o fato dele não estar recebendo para ganhar os livros, ou seja, falo de cifrõessss, Mooonnnneeeyyy, bufunfa. Não o trabalho que temos de abrir a caixa, cheirar o livro, ler e resenha – cá entre nós é um trabalho bom demais né? E como diria minha mãe “quando amamos nosso trabalho, não chamamos de “trabalho”, é um prazer fazê-lo” – e é mesmo!
Temos que reclamar com as Editoras quando algo está errado? Sim temos. Mas existem situações que pedem um pouco de respeito e algo mais privado, ficar expondo as coisas de tal maneira na internet não é legal.
Outro exemplo que tem dado super certo e as Editoras ouviram é toda essa mobilização para preços mais acessíveis dos livros, uma coisa bacana que tem um resultado bacana! (Helana O’hara Recomenda isso, pois não ela não paga mais de R$ 30,00, não pago mesmo)

E quando a coisa muda de lado?
O problema começa a ser o blogueiro?
Temos que entender que Editoras recebem pedidos de parceria diariamente, mas suponho que deveriam dar uma atenção diferente para cada blog.
Editoras do meu coração uma dica para vocês:
Compramos livros de vocês, não porque somos fominhas, por termos um amor à literatura grande. Respeitamos o trabalho de todos. Agora não coloquem todos os blogs dentro de uma caixa e misturem. Isso tá errado.
Cada blog tem um público alvo diferente! Comecem a prestar atenção nisso.
Ok?

Beijos a todos. ♥

Anúncios

46 comentários sobre “Crônicas&Desabafos: Caixas, Parceiras, até onde dá pra chegar?

  1. “Se você não conseguiu 500 seguidores em 4 anos de blog, sugiro que faça outra coisa, querida!”

    Essa frase é MUITO absurda. Grosseria gratuita.

    Sobre os demais assuntos tratados no post, prefiro me manter alheia às confusões da blogosfera literária. Não valem à pena, nem o meu tempo.

    Beijos!

  2. “Se você não conseguiu 500 seguidores em 4 anos de blog, sugiro que faça outra coisa, querida!”

    Essa frase é MUITO absurda. Grosseria gratuita.

    Sobre os demais assuntos tratados no post, prefiro me manter alheia às confusões da blogosfera literária. Não valem à pena, nem o meu tempo.

    Beijos!

  3. Eu concordo com o que você disse em sua maioria, acho que alguns blogs criaram sim blogs para ganhar livros de graça, e até eu como blogueira não vou dizer que não é bom, mas tudo tem o seu limite, muita gente tem recebido e só reclamado e não tem feito o seu trabalho. Confesso eu reclamei das caixas, mas não porque vieram amassadas, porque eu acho que é sim um desperdício da editora, primeiro porque depois de um tempo você não tem mais lugar para guardar, e se vai chegar amassada é melhor não mandar, afinal vai para o lixo, e é um crime ao meio ambiente gastar papel assim, é a minha opinião e eu falei para a editora, mas pelo que você falou desse caso ai a pessoa teve o objetivo de acabar com a imagem da editora, e isso eu não concordo.

    • Helana Ohara disse:

      Oi Luana, tudo bem?
      É um caos, Blogs literários viraram piada na blogosfera, um exemplo disso e o tal Vergonha Literário, que eu já acho estúpido a pessoa zoar e não mostrar a cara ‘-‘
      Depois disso ai, até fui ver meus seguidores, tenho 15 pelo NetWorks (sei lá se escreve assim) e 101 pelo wordpress mesmo. Sinceramente nem ligo pra isso. Tenho mais de 7 mil visitas por mês, então tá bom né??
      Sem falar que AMO cuidar desse cantinho aqui.
      Agora a questão das caixas amassadas isso aí é meio complicado. Eu por exemplo, uso as caixas, todas elas… Já recebi caixas amassadas e tudo mais! Agora pensa comigo Luana, já pensou se todos começam a postar foto das caixas as massadas? Uma coisa que era para ser legal e bonita (afinal de contas o intuito das caixas é ser presente), acaba sendo feio, porque tem gente que daloka por qualquer coisa.
      Mas agora no ponto que você tocou das caixas é interessante sim *–*, mas não é todos que pensam como você, ou como eu 😦

  4. Olá ^^ Já te acompanho no Twitter há um certo tempo e hoje me deparo com esse post, muito bem formulado por sinal. Várias coisas importantes foram ditas: por um lado, há mesmo o exagero de blogueiros reclamarem por cortesias nas redes sociais. Sempre parto do princípio de que “quem procura, acha”. Então, se eu reclamo da editora publicamente, dou a ela o direito de reclamar de mim publicamente, não é correto? Tudo tem dois lados! Uma conversa por emailseria suficiente né? A outra questão que vc aborda é do email da referida editora recuando a parceria. Absurda a resposta! Com certeza essa social media da editora não fez a lição de casa né? E só por curiosidade, o nome dela começa com D? Recebi um email ridículo de uma editora começada por D encerrando a parceriaque tinha com meu blog >.< Fiquei triste no dia, mas depois dei graças a Deus por não parceira de alguem tão absurdamente despreparado para lidar com mídias sociais!
    Faça assim Helana, vire a página. Tem um monte de outras coisas mais importantes nesse mundo blogueiro! Eu me afastei dessas competições ferrenhas atrás de parcerias. Me contento com as que já tenho, elas me bastam 😉
    Tenha uma ótima semana, beijos,fique na paz =**

    Doce Insensatez

    P.S.: Eu passo o mesmo que vc por causa do número de seguidores, rs.

    • Helana Ohara disse:

      Oi Lilian, tudo bem?
      Primeiramente obrigado em acompanhar meu blog pelo twitter, fico muito feliz em saber disso. Vou acompanhar o seu também. Gosto de poder acompanhar quem faz o mesmo comigo *-*
      Também penso a mesma coisa que você “quem procura acha..” Já tive problema com Editora e resolvi tudo por e-mail. Cara acontece ás vezes de um problema aparecer, mas suponho que sair mostrando por aí é chato.
      Escrevi o texto tomando os devidos cuidados para não expor nome nenhum, o intuito é mostrar como a blogosfera anda bagunça e como todos temos problemas semelhantes.. e está acontecendo exatamente isso. Até agora o post teve um resultado muito positivo. Todos chegam e falam que tem problemas semelhantes. Todo mundo tem, a questão é mostrar o ponto errado e arrumar..
      No caso da Editora, faltou muita educação na mídia social deles. Custava mandar um e-mail decente sem falar que meu blog é ruim? E a minha proposta será que a pessoa leu direito?
      Foi um erro pedir parceria, pois estou sem pedir a muito tempo. Como você estou contente com as que tenho, elas me bastam e sou feliz por demais com elas. Prefiro poucas mas que eu dê atenção necessária.

      Obrigado pelo comentário ♥

  5. Helana (sim, eu sei que é Helana e adoro seu nome <3), eu sei bem como é isso, mandei uma vez um e-mail com uma proposta de parceria para uma editora, eles me retornaram dizendo que o mínimo de seguidores era 400 e, infelizmente, eu não havia chegado lá. Eu pensei: tudo bem, vou continuar meu trabalho com o blog e no dia que eu chegar a 400 mando a solicitação novamente.
    Daí eu cheguei, mandei o e-mail e fiquei esperando pelo menos uma resposta educada, eis que a pessoa me escreve: "Observamos que o seu blog não traz resenhas de livros, apenas a sinopse, é isso mesmo?" E apenas isso no e-mail. Quando eu faço a resenha eu corto elas na metade (que na maioria das vezes cai na sinopse) pra não ficar tão grande na página inicial, e ao que tudo indica a pessoa nem se deu ao trabalho de olhar, eu respondi que devido a grande atenção que eles deram ao meu blog, eu não desejava mais parceria (porque eu tenho o sangue quente e perco a paciência fácil).
    Enfim, passou isso e nem quero mais.
    Outra coisa que me revolta é mimimi de blogueiro no twitter, ontem mesmo quando saiu o resultado da Bertrand eu estava no twitter, eis que um blogueiro escreveu: "Não sei porque eu fiz um blog literário se eu não consigo parceria". Eu fiquei assim: Oi? É isso mesmo?
    Não faz sentido nenhum, achei uma palhaçada e o blogueiro em questão perdeu o meu respeito. Enfim, eu vou fazer um post no blog falando sobre isso hah
    Ficou enorme esse comentário Lana, mas saiba que o seu blog é lindo, criativo, original, você faz um trabalho incrível aqui, não se deixe abater por causa de editoras que se preocupam apenas com número, porque todos nós sabemos que número não é qualidade né?
    Beijos

    • Helana Ohara disse:

      Desculpa amiga, Ananddaaaaaa, COMO A PESSOA ME MANDA UM E-MAIL ASSIM PRA TI???? HELLOOUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU, a preguiça consome o dedo e clicar no post pra ler, só pode ser isso ‘-‘
      Nossa! Que sem noção.
      Como respondi a Liliam agora pouco, meu texto abriu portas para as pessoas falaram que também recebem uns e-mails abusivos ás vezes 😮 Cara, não é só comigo não, é COM TODO MUNDO.
      Eu tenho um grupo de blogs que sigo seleto. E com os comentários das pessoas aqui e no twitter, observo que muitos tendem a ficar chateados com esse problema, porque todos já passaram por algo semelhante. É bom saber meu texto abriu uma boa discussão. Quem sabe assim alguma Editora percebe e veja que precisa melhor algo. É muito triste deparar com situações assim. Precisei colocar isso pra fora, pois a quantidade de pessoas que tem problemas assim é grande.
      A sensação que tenho é que muitas Editoras colocam os blogs num baleio, mexem e escolhem. Não pode ser assim. Meu blog é diferente do seu e assim por diante. Nem que demore meses, mas seria bacana fazer um trabalho mais particular na hora de escolher um parceiro.
      E não é por mim e por muitos blogs.

      “Não faz sentido nenhum, achei uma palhaçada e o blogueiro em questão perdeu o meu respeito. Enfim, eu vou fazer um post no blog falando sobre isso hah” Faça e me passe, acho bacana a gente expor um pouco pra quem sabe melhorar. Alguém tem que dar cara a tapa para algo ficar melhor… né?

      Sabe Ananda, sinceramente? Gosto de leitores e blogueiros como você, tem um blog ótimo, me segue, conversa na boa. Se meu trabalho é incrível o seu não fica nenhum pouco longe, tuas resenhas são bapho guria ♥

  6. Rayme disse:

    meu deus, fiquei super revoltada
    cara, as pessoas recebem os livros da editora e ainda acham ruim por estar amassado? eu agradeceria por ter chego, e não me importaria nem um pouco de estar ou não amassado!
    fiquei mais revoltada ainda com o email que vc recebeu! quer dizer que se eu tiver um blog com conteúdo fútil e ter mais de 500 seguidores eu consigo firmar parceria?
    espero que a pessoa que te mandou este email veja seu post e morra de vergonha!
    “Se você não conseguiu 500 seguidores em 4 anos de blog, sugiro que faça outra coisa?”
    espero que essa pessoa veja meu comentário e leia isso: —–> VAI TOMAR NO CÚ!
    desculpe o palavrão, mas eu realmente me revoltei!
    o seu blog, dentre os que eu sigo, é o que mais possui posts de boa qualidade. você não tem interesse e nem se aproveita das suas parcerias. você utiliza elas de boa fé. você posta no seu blog pq você gosta disso, e isso todo mundo pode ver! você faz tudo com amor e carinho, e se menos de 500 pessoas seguem seu blog nesses 4 anos, é porque essas poucas pessoas sabem o valor que você dá para tudo isso aqui.
    como eu já te falei (e repito) várias vezes, é melhor ter 5 seguidores fiéis e que leiam o seu blog com o mesmo amor e consideração que você escreve, do que 500 seguidores com nenhum pingo de interesse em todo o trabalho que você tem por isso.
    P.s: desculpe se tiver algum erro de digitação ou incoerência, mas é que eu estou extremamente revoltada!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    • Helana Ohara disse:

      Rayme, nem estressa, mais revoltada que fiquei com a situação. E quando fico com raiva acumulada não tem plástico bolha que me acalme ‘-‘ Xingo muito… Pode xingar sem problema.
      Achei falta de consideração ter postado aquela foto. Enfim poderia resolver o problema particularmente, mas né? Cada um sabe o que faz!
      “como eu já te falei (e repito) várias vezes, é melhor ter 5 seguidores fiéis e que leiam o seu blog com o mesmo amor e consideração que você escreve, do que 500 seguidores com nenhum pingo de interesse em todo o trabalho que você tem por is” – também acho isso, concordo e assino em baixo ♥
      Beijinhos Rayme, adoro muito você

  7. Oi, Helana!
    Assim como você, também fiquei chocado com esse episódio das caixas amassadas. Não era algo que estava ao alcance da editora, já que foi responsabilidade dos Correios. Entendo que a pessoa tenha ficado decepcionada, mas aquilo não deveria ser um caso público. O e-mail da editora serve exatamente para isso, e um simples \”queridos, minhas caixas vieram amassadas, há algo que possam fazer?\” seria suficiente. Os livros vem de graça para a pessoa, e acho que paciência é a única virtude que ela deveria ter em relação a esses problemas.
    Já vi muitos blogs sendo criados para conseguir parceria, e muitos sendo fechados pelo mesmo motivo. É incrível, essas pessoas se declaram apaixonadas por livros e desistem no primeiro obstáculo que não conseguem superar. Criei meu blog para, acima de tudo, expressar minhas opiniões. É claro que, como a maioria dos blogueiros, corro atrás de parcerias, mas não deixo que um \”não\” das editoras me impeça de continuar com o blog. Escrevo-o porque amo, não visando um \”lucro\” futuro. Sempre comprei livros, não tenho problemas em continuar comprando-os.
    Completando seus comentários, gostaria de dizer que a blogosfera literária está se tornando individualista demais. Os livros deveriam nos unir, e acabam nos separando em algumas vezes. Já vi blogueiros amigos brigando por resultado de parceria e acho isso lamentável. Só então, podemos ver quem realmente é apaixonado por livros ou só está na blogosfera para encher a estante.
    PS: perdão pela bíblia, mas seu post foi incrível e eu tinha que comentar sobre ele. Espero que goste do meu comentário.

    Beijos,
    Gabe
    http://desejosdesabado.blogspot.com.br/

    • Helana Ohara disse:

      Oieeeee Gabriel tudo bem?
      Mas um comentário que complementa o que quis dizer em meu texto.
      Você disse tudo e assino em baixo, os blogs estão ficando individualistas demais, realmente isso é verdade e quem discordar de você tem que levar um puxão de orelha.
      Tem blogs que sempre comento (finais de semana comento nos blogs que sou parceira e sigo), mas vejo que são poucos que chegam aqui….Adoram um comentário, mas na hora de fazer muitos deles não fazem. Eu sou da turma que ás vezes lê e não sabe o que comentar, mas passo o post pra frente quando gosto. Acho interessante.
      Os blogueiros brigam por qualquer coisa, olha você, viu amigos brigando por causa de resultado de promoção gente…Já pessoa brigando por frase de livro. Imagine você se eu saísse por ai xingando todos que curtem Nicholas Sparks? Não é porque eu não gosto que tenho que desrespeitar.
      E claro, falta atenção de todas as partes. Isso virou uma bagunça, são poucos que ainda tem blog porque amam escrever e passar um tempo nele. Mexo com blog desde os 15 anos, imagine só, tenho 26 agora.
      Espero que meu texto tenha resultados positivos para todos que estão lendo, como teve pra você.
      Muito obrigado e um grande beijo ♥

  8. Oi Helana.
    Entendo muitas das coisas que você disse. Eu amo meu espaço na blogosfera, amo ler um livro e resenhar, aprecio quando as pessoas leem o que eu escrevo e postam com interesse. E, não, eu não curto nem um pouco essas polêmicas que acabam denegrindo a imagem de alguém, seja blog ou editora.
    Sobre o lance de caixas amassadas, acho que o pessoal não vê o lado importante disso: a caixa foi sacrificada para proteger a integridade do livros heheh
    Primeiro tem o grande problema de pessoas que criam um blog com o interesse de obter parceria e livros gratuitos. Isso é muito mesquinho, quer dizer, as editoras têm o seu valor, elas trabalham duro com a edição, impressão, confecção de kits e tudo mais. O blogueiro deve responder com a mesma dedicação. Se, eventualmente, algum erro acontece (caixas amassadas, folhas soltas, etc), não é por falta de zelo com o blog parceiro, eles não fazem de propósito! Agredir uma editora parceira dessa forma é pura falta e comprometimento, porque, embora o blog seja algo que fazemos por amor, é necessário, sim, compromisso! Pior, na minha opinião é agir de má fé.

    A editora que respondeu ao seu pedido dessa forma foi muito infeliz com o comentário. Número de seguidores não quer dizer que o blog é de excelente qualidade. Quem sabe o blogueiro apenas fez uma propaganda maciça, seguiu e pediu retribuição de vários blogs, e assim atingiu um grande número de ‘seguidores’ (ainda que essa palavra não seja correta, convenhamos, quantos seguem, de fato, nosso blog? rs). Por exemplo, meu blog tem 435 pessoas inscritas no google friends connect, e ainda assim eu solto fogos quando tenho um post com mais do que 10 comentários (mas meu Inspirados é de muita qualidade, caramba! rs).
    Acho que o que falta é maturidade. Depois das redes sociais, ficou muito fácil criticar, tão fácil que as pessoas se esquecem do mais importante: pensar a respeito. Eu gostaria que você me dissesse, depois, qual é a editora que fez pouco caso do seu blog, vou pensar duas vezes quando for comprar um livro dela. Na boa, não há desculpa para tratar o trabalho de outras pessoas dessa forma.
    Enfim, acho que seu post me cativou, tocou na ferida de todos os blogueiros hahaha

    Grande abraço!

    Pedro Almada
    @Pedro_Almada
    http://inspirados-oandarilhodotempo.blogspot.com.br/

    • Helana Ohara disse:

      Oi Pedro tudo bem?
      Obrigado por comentar aqui hoje.
      Pois é, o interesse em ganhar livros de graça ainda chama muitos interessados sabe? O pior de tudo é que todos os blogs acabam pagando um preço por isso.
      Melhor ter uma caixa danificada do que o livro todo, certo?

      “Por exemplo, meu blog tem 435 pessoas inscritas no google friends connect, e ainda assim eu solto fogos quando tenho um post com mais do que 10 comentários (mas meu Inspirados é de muita qualidade, caramba! rs).” E mais um exemplo que seguidores não é nada nessa vida minha gente 😦 Triste né?
      Quem sabe isso não começa a mudar? Poderia certo?

      Fico feliz que meu post tenha lhe cativado. Minha intenção era fazer um mero desabafo como tantos outros textos aqui do Blog. Não tinha ideia que ele iria tão longe.
      To feliz que ele viajou longe e trouxe algo super positivo ♥
      Deus de abençoe, beijinhos ♥

  9. Okay, para tudo!!! Uma editora, EDITORA, realmente mando ISSO pra você? Não é possível! Deve ser algum erro, alguém que entrou no e-mail só pra zoar…. Não posso acreditar no tamanho da grosseria que essa resposta foi! Não merece meu respeito, foi muito mesquinha e hostil a mensagem! Sério, estou chocada!!

    Olha, não sei pra quê tanto estresse com a editora por causa de uma caixa amassada. Quero dizer, o que eles tem com isso? Reclamem no correio, poxa, eles que entregam! Se o livro foi danificado, ai sim entra em contato para ver se tem como eles resolverem isso ou sei lá, se não, alegre-se e leia, poxa! Ficar se preocupando e fazendo bagunça por pouca coisa? Como você disse, já está ganhando livro de graça, vai reclamar de tudo agora??

    Eu tinha blog há tempos atrás, mas não era literário, até que resolvi fazer um mais cultural esse ano pelo simples prazer de poder compartilhar minhas experiências com livros, filmes, música… É uma mão na roda ter parceria com Editoras? Opa, claro que sim! Mas veja bem, eu tenho parceria com uma editora e ainda não posso ganhar os livros por causa do tempo do blog. Estou surtando por isso? Não. Eu acho gratificante receber visitas e mais ainda, ler os comentários nas resenhas! É muito legal essa interação! Mas como o Brasil é o pais do ‘jeitinho’…. Sempre tem aqueles que tentam burlar o sistema pra conseguir vantagens apenas por conseguir. E nos deparamos com blogs enormes, cheios de comentários e visitas e parcerias, mas muito pobres de conteúdo, com erros de português, plágios e blogueiros que não sabem diferenciar resenha de sinopse. Decepcionante, por assim dizer. Se vai recusar parceria, acho que deveria pelo menos ser educado e não dar uma desculpa ruim e que acabará magoando/irritando/etc. ‘Obrigada pela parceria, mas não foi dessa vez. Boa sorte na próxima!’ estaria ótima. Pouco caso das Editoras é horrível, afinal, se não fosse por nós – leitores – onde elas estariam?

    Nossa, fiz um texto, me empolguei. rs Mas concordo com o que vc disse, Lena (e ainda escrevem seu nome errado!), a blogsfera está realmente ruim. Não completamente, GRAÇAS A DEUS, mas agora é torcer para que melhore!! 😀

    Beijinhos

    @mariapsalles

    • Helana Ohara disse:

      Sim Mary, exatamente isso. Mandaram um e-mail grosso desses pra mim, chato não é mesmo? Mas chato ainda foi ler ele 😦

      Concordo com você! Aliás poderia facilmente recolher vários comentários feitos aqui e fazer um mega texto com isso. Muitas opiniões sinceras de pessoas que assim como eu ficam revoltadas com o que acontece com a Blogosfera.
      Você tem toda razão quando fala que existe blogs de conteúdo pobre e quem tamanhas visitas. E o pior que esses tem uma credibilidade gigante, não dá pra entender.
      Quem sabe isso tudo abra um pouco os olhos das Editoras né?

      Beijinhos querida ♥

  10. Super apoiada. É bem chato quando a gente vê esse tipo de coisa por ai (todas elas) desde editoras faltando com o respeito com blogueiros, até blogueiros que querem passar por cima dos outros a todo custo. Sem contar essa coisa feia, de só querer parceria para não pagar pelos livros. Vi comentários absurdos, de gente que não conseguiu parceria e ficou reclamando (reclamando sério!) de que agora teria que comprar livros. Por favor, né? Uma dose de bom senso.

    Fiquei chocada com esse email que você recebeu, absurdo! E concordo com você também, quer dizer que agora só se resume a números? Qualidade e conteudo pra quê, né?

    Enfim, triste realidade. Mas só nos resta esperar que as coisas melhorem ;/
    (p.s.: também não pago R$30,00 em um livro meeesmo ;D)

    Beijitos
    http://www.bookpetit.com

    • Helana Ohara disse:

      Baita dose de bom senso Gabi 😦
      São poucos os blogs que não passam em cima dos outros ou tem parceria porque merece. Tem muita Editora que não vê isso. Inclusive tem uma aí uma tal de Editora “I” que escuto sempre muita reclamação quando sai lista de parceiros deles, pois atualizam pouco sabe? _o_, não conseguiu? Guardam din-din e compra livro, ou esperar como todos.
      Agora tem a parte das Editoras, tem algumas ai que são muito grossas. Eu entendo o lado delas, mas cada caso é um caso.

      Ahhh outra coisa, não dou mais de 30,00 mesmo, Não MESMO…Não é pão durismo, é que sei lá. Se querem reconhecimento tem que baratear um pouco sabe.

  11. NADA justifica uma grosseria dessas.

    Olha, eu não concordo com essa forma de avaliar os blogs, mas essa mulher é funcionária, e mandaram ela escolher as parcerias com base no número de seguidores. Até aí dá para entender: certas pessoas não sabem avaliar com base em critérios qualitativos. Mas isso já é demais. Vai me dizer que ela é paga para ser estúpida?

    Você já falou com o superior dela? Isso é inadmissível.

    • Helana Ohara disse:

      Liguei pra lá Karen fiquei meia hora no telefone.Espero que tenha bom resultado isso.
      Se bem que… só o fato do post ter gerado uma discussão legal me deixa feliz.

  12. Superválido o seu post! E eu realmente ainda fico chocada quando percebo essa rixinha na blogosfera, competição sem propósito. Prefiro nem entrar nesse joguinho. Reclamar do que ganha? Dá um tempo, viu…
    Agora… o que foi essa resposta? E ainda me admira que tenha sido enviada por uma editora. Onde foi parar a educação, o respeito? Falta de profissionalismo absurda! Nem se a resposta tivesse sido escrita por qualquer zé mané, achei péssimo e inútil o tom sarcástico. Enfim… blogando e aprendendo…
    Pois é, parece mesmo que o que importa é a quantidade de “seguidores” e não a qualidade, o conteúdo, a originalidade do blog. Para quê, né, aposto que algumas editoras não dedicam uns minutinhos sequer p/ ler o que os blogueiros parceiros escrevem, só julgam pelo número de seguidores e acessos. Mas é assim, a gente perde de um lado e ganha do outro, aí vai do que cada um, blogueiro e editora, considera relevante. Eu costumo pensar o seguinte, existem blogs e blogs. Tem aqueles estilo McDonalds da vida, sempre lotado, conhecido, mtas vezes bom mas não é regra. E tem aqueles estilo cafezinho charmoso, pequenininho, escondidinho numa ruela de pedras. Poucas mesas, clientela cativa que não precisa ser necessariamente abundante, qualidade, às vezes indo meio na contramão, fora do senso comum, o que o torna especial. Não estou dizendo que um seja melhor que o outro, seria errado generalizar. Mas se me perguntarem, sou muito mais um café discreto e aconchegante que um Mc na praça de alimentação do shopping. 😉

    Bjs
    escrevendoloucamente.blogspot.com

    • Helana Ohara disse:

      Ah verdade.
      Se a gente não se impor um pouco, sem colocar nomes, imagina vira carnaval isso.
      Essa coisa de números de seguidores não deveria ser regra, sinceramente não entendo onde isso pode levar na vida de um ser humano meu Deus.

      Aline…”Eu costumo pensar o seguinte, existem blogs e blogs. Tem aqueles estilo McDonalds da vida, sempre lotado, conhecido, mtas vezes bom mas não é regra. E tem aqueles estilo cafezinho charmoso, pequenininho, escondidinho numa ruela de pedras. Poucas mesas, clientela cativa que não precisa ser necessariamente abundante, qualidade, às vezes indo meio na contramão, fora do senso comum, o que o torna especial. Não estou dizendo que um seja melhor que o outro, seria errado generalizar. Mas se me perguntarem, sou muito mais um café discreto e aconchegante que um Mc na praça de alimentação do shopping.”
      Adorei esse seu comentário. Você tem toda razão total razão. Um cafezinho pequeno e charmoso é muito melhor do que aquele cheio de gente, é q qualidade e atenção falando alto né? *-*
      Obrigado pelo carinho querida.

  13. pat disse:

    Concordo com basicamente tudo que você disse, e acrescento que um ponto que as editoras deveriam levar em consideração, são as acusações de plágio, pois já vi DIVERSOS blogs que tem parceria e que postam resenhass que não são suas, e mesmo assim continuam com as parcerias, ou seja, ganham os livros para resenhar e nem isso fazem, copiam o trabalho dos outros.

  14. Não acredito nisso não….

    Fiquei de boca aberta depois de ler este recado que vc recebeu da editora!
    Fiquei com raiva mesmo viu!
    Como podem ser arrogantes assim????
    E como assim Heleeeena!??!
    Fico nervosa quando escrevem meu nome errado…
    Ainda mais para dar uma resposta assim!!!!

    Vc tem razão!
    As editoras deveriam analisar cada blog de uma maneira!
    Tipo.. Esse cara que tava fazendo picuinha por conta da caixa amassada…
    A parceria com ele não vai ser REanalisada depois desse escândalo não é?!

    EDITORAS, ABRAM OS OLHOS!
    Tenho certeza de que eles nem lêem as resenhas dos blogs.
    Já vi um monte de blogs com resenhas plagiadas e que tem parceria com Novo Conceito, Sextante, Lua de Papel, Bertrand, ID, Galera… Pior que nem adianta denunciar. Eles não fazem nada!

    Sabia que por isso desanimei com blog?!

    Me esforço tanto para nada…. Sei que preciso melhorar muita coisa por lá… Mas tem horas que da uma raiva! O meu blog não tem os requisitos para ser parceiro de tal editora, mas o cara que copiou e colocou diversas resenhas na cara dura [e ainda por cima só tem comentários solicitando que exclua tal resenha, pois foi plagiada de outro blog], consegue todas as melhores parcerias…. É ou não é motivo pra gritar de raiva?!

    Ai amiga… Conte comigo na hora dos protestos hein!!!

    Beijokas!

    • Helana Ohara disse:

      Oi Giani, tudo bem?
      É…Escrevem meu nome errado sempre, mas nem ligo, porque realmente é diferente e tal,mas ás vezes irrita. E nesse caso me irritou muito.

      “Vc tem razão!
      As editoras deveriam analisar cada blog de uma maneira!
      Tipo.. Esse cara que tava fazendo picuinha por conta da caixa amassada…
      A parceria com ele não vai ser REanalisada depois desse escândalo não é?!”
      Deveria, acho eu. Uma coisa é você falar em citar nomes outra é ficar postando foto e ainda marcando, acho errôneo isso! Eu tomo muito cuidado quando falo das Editoras aqui, tenho o maior respeito por elas e quando tem algo errado (porque já teve muitos) mando um e-mail e é resolvido por lá sem nóia nenhuma.
      Mas assim Gi, tudo tem os dois lados da moeda. Tem aqueles que concordo com meu ponto de vista, como tem aqueles que não concordam.
      Daí o menino da caixa veio dar a loka aqui no meu blog. Falou um monte de coisa, respondi e apaguei, ele recebe a resposta por e-mail, acho. Enfim sei lá.

      Mas né? Aconteceu, coisas assim acontecem fazer o que.

      Ahhh mas se tu vai se desfazer do seu blog, tens um cantinho aqui no meu, não esquece disso!

  15. liapimentel disse:

    Oi Helana, passo sempre por aqui e nem sempre comento, as vezes por pressa e as vezes por falta do que dizer mesmo. Mas hoje eu não pude me conter… Que tipo de profissional de uma editora, seja ela qual for, age assim com um blog? Achei o cúmulo do absurdo e falta de respeito, com você e com todos os blogueiros em geral.
    Eu tenho blogs desde 2008 e os criei para passar o tempo e ter com quem compartilhar as coisas que gosto e que admiro. Até que um ano atrás resolvi montar um blog, exclusivamente literário. A princípio não pensava em parcerias e em quantidade de seguidores, tudo o que queria era tão somente falar da minha imensa paixão pela literatura. Mas, acabei conseguindo uma parceria aqui, outra ali, e hoje tenho algumas parcerias com editoras e autores. As coisas foram acontecendo naturalmente, Nunca precisei brigar com ninguém, nem muito menos depreciar algum colega blogueiro para chegar aonde estou. Sei que ainda tenho muito a aprender e a fazer para que meu blog realmente fique com a minha cara, mas confesso que por várias vezes tive vontade de acabar com ele, em detrimento de certos comentários idiotas de blogueiros e atitudes de algumas editoras na escolha de seus parceiros. Graças a Deus, nunca recebi nenhuma resposta assim, porque apesar de ser um doce, não levo desaforo pra casa kkk
    Mas, é triste a gente ver, que não é o conteúdo dos blogs que interssa. Na maioria das avaliações, a gente percebe que é tão somente por quantidade de seguidores ou pior ainda, pela panelinha que infelizmente existe em nosso meio. Na maioria das vezes os resultados de parcerias são sempre os mesmos blogs, o que acaba sendo estranho… Será que no meio de milhares de blogs, somente aqueles, fazem a diferença?
    Helana, desculpe o testamento que escrevi aqui, mas é que ando meio triste e revoltada com este meio, e acabei aproveitando pra desabafar um pouco.
    Quanto ao comentário infeliz do blogueiro no Twitter, só tenho a dizer que foi isto mesmo… Um comentário infeliz.
    Força menina, e continue sendo deste jeitinho mesmo, porque seu blog é ótimo e vale a pena sempre passar por aqui. Bjus
    Lia Christo
    http://www.docesletras.com.br

    • Helana Ohara disse:

      Oi Lia, tudo bem?
      Pois é. Tenho esse Blog desde 2009. Mas já tive outros, quando era mais nova, mexo com essas coisas desde os 15. Muito tempo. E como você as coisas foram acontecendo. Quando comecei a moldar o In The Sky com literatura foi difícil, pois tava em crise e queria deletar e fazer outro, mas a época já tinha uma turminha que passava aqui, então acabei ficando por aqui mesmo e hoje não largo ele por nada nesse mundo.
      Sim também acho triste ver que não é conteúdo que interessa na maioria das vezes. Como já falei em outras tantas respostas, veja muita gente reclamando disso e foi por causa desse bando de reclamação que percebi que poderia sim escrever algo sobre isso. Daí criei o Crônicas&Desabafos. É uma tag super bacana que tem dando umas discussões legais para o Blog adoro isso, poder conversar com a galera a respeito.
      Mas voltando ao assunto é muito chato a gente ver que conteúdo não fala alto, mas SPAM pode né? HASUAHSUAHSUAHSUAS, spam é o que mais tem por ai. Mas enfim, vou torcer para que algo mude um pouco, acho que merecemos amiga.

      Um beijo enorme e se cuide Lia, ♥

  16. Nem me fala. No meu caso foi o layout não estar de acordo. Caraca. Dá para acreditar nisso!? Tudo bem que era simplesinho, mas não precisava pisar tanto. Pensei que o que contasse era o conteúdo, mas vejo que não. Mas o que aconteceu com você, foi grosseria gratuita. Também já recebi caixa amassada com os livros amassados e nem por isso reclamei.

    • Helana Ohara disse:

      Ah pois é. Estranho isso né? Li relatos que a pessoa teve até preguiça de abrir o post para ler, pode isso gente? Cada um, esses mídias sociais tem que fazer um curso de boas maneiras, acho.

  17. Achei sensacional o Post, Helana, parabéns!
    Conseguiu descrever perfeitamente a situação crítica que nós, blogueiras, encontramos em nossos contatos com editoras. Infelizmente a quantidade tornou-se prioridade, não basta apenas ter qualidade. Essa, muitas vezes, nem é avaliada.
    É uma pena!

    Fiquei profundamente chocada com a agressividade do e-mail que recebeu. Sinto muita vergonha alheia de quem se propôs a enviar uma resposta dessa. É digno de desprezo!

    • Helana Ohara disse:

      Pois é, coloquei no post o drama que quase todo mundo 😦
      Leio muito a galera reclamar das exigências para parceria. Eu particularmente, peço muito pouco parcerias, não me importo muito com isso.
      Mas é bom chamar atenção, se a gente fala é que algo tá errado.

  18. endryelles disse:

    Guria! Como tem gente sem noção, sem o mínimo de bom senso. E isso não só nos blogueiros literários, em muitas outras áreas, também. Me indigno com gente reclamando de falta de criatividade nos kits (kit é presente, se a editora não quiser, nem precisa dar, mas faz com carinho), receber vários lançamentos sem pedir (poxa, se tu firmou parceria, entende-se que você concordou com as regras, não é mesmo? E se não gostou, é só pedir cancelamento, certo), editoras e autores exigindo um MONTE de coisas, muitas vezes sem tanta importância. Ok, você quer parceria para ser bom para os dois lados, certo?! A editora quer visibilidade, ok. Mas enviar um e-mail desses, dizendo pra ti fazer outra coisa se não arrumou tantos seguidores assim chega a ser ofensivo! Não que parceria? Tudo bem, mas não baixe o nível.

    Enfim, são TANTAS coisas ruins que prefiro nem falar muito e só aproveitar tudo de bom que esse trabalho/hobbie nos propicia. Porque se fosse pelas besteiras, já tinha abandonado faz tempo, hihi 🙂

    Beijo grande :*

    • Helana Ohara disse:

      Esse episódio das caixas foi tenso Endryelle. No meu ponto de vista, não tem justificativa nenhuma que mostre que esteja certo.
      Como disse no post, tem coisas que tem que devem ser reclamadas em particular, mas sei lá né? Tem gente que não pensa quando faça as coisas 😦
      É uma exigência, a gente até entende, mas pra quê tudo isso dells?
      Fico pensando o que é pior, as exigências ou a falta de respeito que um tem pelo outro? Vai entender, espero que alguma coisa disso tenha um bom resultado.
      Escrevi o desabafo com o intuito de apenas falar algo no blog, como sempre faço. Mas fiquei super feliz com o resultado que teve a discussão, valeu a pena.

      Beijinhos amada.

  19. Yohanna Elizabeth disse:

    Eu fico indignada quando alguém erra meu nome haha, mas ok, nossos nomes são diferentes… Lana, pensei muitas vezes em fazer blog. Eu amo blogs, mas me toquei que vou ficar somente como LEITORA mesmo, pois eu perco a paciência rápido. É considerável o fato de haver tantas regras para conseguir parceria, pois realmente há pessoas que fazem blogs para ter “livro grátis”. Mas, é como você disse, cada blog é um blog. Acho um tremendo descaso EDITORAS (que deveriam passar respeito) mandarem e-mails do tipo. Eu, sinceramente, nunca mais compraria um livro da mesma. E quanto às caixas amassadas… eu acho que não há do que reclamar. Pois, como alguns dizem “são livros ganhados”. O que é vindo, é bem vindo. Um exemplo: Comprei meu box da trilogia Jogos Vorazes (acho que você até viu no face, seila).. bem, o box veio DESTRUÍDO.. Até aí tudo bem pois o que importa são os livros, mas aí vi que o 2° livro tava com a lombada com um rasgadinho. Sou muito impaciente, mas sabe.. deixei para lá. Acho que o que importa é o conteúdo do livro, e que até eu pedir para trocar, além d’eu me sentir uma idiota, havia grandes chances de estragar até aqui em Minas de novo. Então pensa comigo: Se eu, que COMPREI, não vejo motivo para fazer um “grande alvoroço”, imagina fazer tempestade em copo d’água com os livros das Editoras. No meu ponto de vista, os livros que as Editoras mandam são para divulgação, ou seja, devem ser lidos e resenhados. Eles não mandam os livros para estarem lindos e perfeitos nas estantes. Ahhh, seilá, acho que deve haver respeito de ambos os lados. Blogueiros devem perceber que o que importa em um blog não é a quantidade de seguidores (não mesmo), e nem quantas parcerias tem. Acho que só deveriam restar blogs no qual os blogueiros sentem PRAZER em tê-lo. E da parte das Editoras, deve haver um maior respeito com seus leitores e parceiros.
    Lana, não deixe que isso abale seu blog. Você adora seus leitores, e adora o que faz aqui.. então, está bom assim! Quantidade de seguidores não diz nada 🙂

    Beijos.

    • Helana Ohara disse:

      Pois é.. Acho que blog é pra quem tem paciência e gosta disso. Se não, nem deve fazer 😦
      Mas é meio triste umas coisas que vejo.
      Ontem, por exemplo, uma garota tá mudando o blog dela, é notável que ela vai fazer isso pra conseguir parcerias e seguidores. Fiquei um pouco chateada com isso.
      As pessoas chegam, falam que também não gostam disso, mas fazem. COMO ASSIM??? Se não gosta não faça, enfim, é raridade quem prefere conteúdo. Todos falam que preferem, mas na hora do vamos ver, pulam fora 😦
      E outra, Editora não fica de fora, pois a maioria delas apoiam esse tipo de bobeira, seguidores, quantos comentários tu recebe, ou seja, parte delas essa coisa de QuantidadexQualidade. _o_ Vá entender.
      Eu prefiro receber não não e não do que receber sim e não ter nada de bacana a oferecer aos meus leitores.

      Meu público alvo no In The Sky é bacana e isso que curto aqui!!!

  20. Surtei de raiva ao ler ” Se vc nao conseguiu 500 seguidores em 4 anos de blog faça outra coisa querida”.
    Abuso,absurdo,grosseria e BURRICEEEEE!!!!!!!!!!!
    O ser e=que respondeu nem olhou o blog (tenho certeza disso). Desde quando quantidade é sinonimo de qualidade?
    É por essas coisas que não procuro parceria com editora. Divulgo quando acho bom, quando o livro parece ser interessante.
    Quando as editoras passarem a julgar qualidade e conteúdo, as coisas irão ficar bem melhores para todos.

    • Helana Ohara disse:

      Verdade, pena que nem todos pensam assim como a gente Bruna.
      😦
      Tanto Editoras, como blogueiros, isso é chato.
      Se meu blog não tem seguidor, isso significa que não é bom? Meio estranho isso.

  21. OMG!! Pára tudo! Eu tive que ler esse email duas vezes para ter certeza que eu não estava ficando louca, tendo alucinações ou coisa do tipo. Ok, as editoras querem que seus parceiros tenham um minimo de seguidores, acho errado, mas ok. Agora falar “Se você não conseguiu 500 seguidores em 4 anos de blog, sugiro que faça outra coisa” é o cumulo e ainda tem a cara de pau de terminar com um “querida”. Morrer não quer não, né? E sabe o pior disso tudo, ou uma das coisas piores, é que a gente acaba pegando birra da editora (eu pego birra fácil fácil) e não compra livro dela por um bom tempo, mesmo que você queira muito. Eu estou nessa fase, apesar de a minha birra não ter tido nada haver com o blog.
    Mas enfim, voltando a questão seguidores. Não concordo deles terem essas coisas de quantidade, mas no fim é um direito deles e tal, mas em nenhum momento isso dá o direito a eles de serem grossos ou julgar seu trabalho pela sua quantidade de seguidores. Acho que mesmo que avaliem os seguidores, devem avaliar também o blog, o conteúdo. Quando abre as inscrições para novas parcerias nas editoras é que se percebe o quanto a coisa está perdida. Esses tempos pra trás uma editora abriu suas seleções. Me inscrevi e tal. Não fui selecionada, até ai de boa, competição é competição e nem sempre se ganha. Mas ai fui ver a lista de quem tinha ganhado. Tinha blogs sérios? Tinha! Mas tinha outros que se ficava indignada de como tinha sido escolhido! Resenhas que mais pareciam sinopse e blog sem atualização a mais de um mês, ai você ia tentar entender como o blog foi escolhido. Era só você ir ver os seguidores e se deparar com 800, 900, 1000 pessoas. É nesse momento que se vê o quanto o real trabalho é desvalorizado, porque se aqueles blogs foram escolhidos, significa que eles não leem nada, simplesmente julgam pelos seguidores e fim. Se vai escolher por seguidor já deixa isso bem claro, não faz com que as pessoas percam tempo se inscrevendo e ainda diminui o trabalho de “seleção” deles, impedindo que usem como desculpa a quantidade de inscrições e a falta de tempo para avaliação. Se não tem tempo não abre inscrição.
    E para finalizar meu texto (rsrs), as pessoas que discordaram de você nesse ponto, comentaram de forma grosseira e mandaram emails desrespeitosos só podem ter problemas psicológicos. É a unica explicação.
    Beijos.

Obrigado por passar pelo In The Sky.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s