Resenha: This Is A Call – A música e a vida de Dave Grohl, por Paul Branning.

Essa resenha custou a sair. Por vários motivos e um deles foi por ser uma Biografia, achei então que não seria tão aceitável para meus leitores.
Para quem ainda não sabe, sou uma grande fã do Foo Fighters, em especial do Dave Grohl, ler esse livro foi muito importante pra mim, saber como ele chegou a ser esse cara do rock que é hoje! Ganhei esse livro da minha amiga/irmã Laís, foi o presente mais lindo desse ano, estava querendo o livro a muito tempo e confesso a vocês que quando ele chegou, quase chore de emoção.

Mas vamos lá…

This is a call – A vida e a música de Dave Grohl – Paul Brannigan 

A biografia não autorizada de Dave Grohl escrita por Paul Brannigan é a história incrível de um homem  incrível. Com relatos da vida de Dave Grohl que são mais pessoais do que qualquer coisa já escrita, além de surpreendentes, ousados, emocionantes e inspiradores, Paul Brannigan revela Dave por completo pela primeira vez. Do Nirvana ao Foo Fighters, do sentimento de irmandade à rivalidade amarga, da ascensão à queda, esta é a história do homem que mudou a música para sempre.

Edição: 1
Editora: LeYa Brasil
ISBN: 9788580444520
Ano: 2012
Páginas: 548

Como a sinopse mesmo diz, a biografia é não autorizada, mas Paul é quase amigo intimo de Dave, então para ele saber da vida do cara não foi uma tarefa ruim, muito pelo contrário.
Os relatos do livro começam, claro, na adolescência de Dave, como ele era com a família, a escola que frequentou como ele começou a gostar de música – influência da mãe que o deixava com a irmã e seus discos enquanto trabalhava.

Começou a pegar gosto pelo punk-rock, ia a shows, procura discos para ouvir, ia a pequenas apresentações em estacionamentos a casas de shows precárias.

Como qualquer músico que se presa e tem talento, Dave suou muito para chegar onde está. Largou a vida que tinha, saiu de casa, foi até Seatle onde o cenário Punk-Rock crescia consideravelmente, perseguindo seus ídolos e maluco para tocar em uma banda que preste. Sério gente, antes ser o mero baterista do Nirvana ele tocou em algumas bandas de punk-rock, uma delas podemos citar a Scream

Quando o Nirvana começa aparecer à história fica boa.
Por mais irônico que possa parece à primeira vista, a vida de Dave onde ele foi baterista do Nirvana, 90% não mostra Dave Grohl e sim fala muito de como foi viver com Kurt Cobain, quem foi esse cara, como a banda trabalhava até a morte trágica de Cobain. Achei esse ponto do livro super bacana!
O respeito que o próprio Grohl tem por Cobian até hoje é muito significativo.

“Quando Kurt morre… A maneira como eu pensava e ouvia música mudou para sempre. Toda aquela bobagem que eu tentava evitar com tanto esforço, toda aquela coisa de “bacana”, toda aquela culpa do inferno, tudo sumiu.”

Então ele se vê perdido sem saber por onde começar. Naquela época as pessoas não davam importância ao dinheiro como se dá hoje, não se tinha uma poupança ou reserva. Dave se viu muito apertado.
E a maneira que ele colocou a tensão toda pra fora foi então gravando o primeiro disco do Foo Fighters, sozinho. Ele fez cópias, envio para muitas pessoas pelo correio e foi assim que a banda nasceu.

“Assessores de artistas e repertórios de grandes gravadoras começaram a telefonas para Gorhl em sua casa… Naquele momento ele não era mais “apenas o baterista” que se contentava em ficar de lado enquanto as negociações corriam. Com o Foo Fighters, ele era a “banda”….” pág 340

As coisas com o Foo Fighters aconteceram rapidamente, principalmente pelo fato de Grohl ainda ser lembrando como o baterista do Nirvana.
O primeiro membro da banda foi Nate que está até hoje. E Pat também entrou logo mais, saiu por um tempo e hoje está na banda novamente. No mei do caminho entrou Taylor que na época era nada mais e nada menos que baterista da banda da Alanis Morissette. O último a entrar na banda foi Chris que fez teste para ser o novo guitarrista.

A química que a banda tem hoje em dia é tão grande que  têm seu próprio estúdio de gravação, respeitam o espaço de cada um, existe briga, discussões mas todos sabem que isso é saudável e faz bem para banda. Senti no livro o grande respeito que Dave tem com seus parceiros de banda, os que ele passou e os que estão até hoje ao seu lado. É notório o significado que “Foo Fighters” tem para todos eles.

“(…) Existe uma válvula de escapa para aliviar a pressão que pode ser acionada e impedir que todos percam o controle. E essas válvulas são os projetos paralelos que todos temos: Taylor com o Coattil Ricders, Chris Shftlet com o Jackson United e Chris Shiflett & the Dead Peasants e o Nate com o Sunny Day Real Estate – são essas coisas que impedem o Foo Fighters de se desfazer. (…)”pág 463.

É um livro interessante para quem é fã da banda, de Grohl e de rock, tem muitas influências bacanas como Queens Of The Stone Age, Scream, Led Zeppelin, Beatles… Vale a pena!

Sou suspeita pra caramba em falar do livro né gente.
Abaixo algumas fotos da diagramação linda do livro ♥

Quero deixar registrado o trabalho lindo que a Editora Leya teve com a diagramação do livro. Ficou lindo demais. Mesmo quem não curte rock ou Dave Grohl pode ficar horas olhando os detalhes dos livro. Parabéns Leya!

Anúncios

7 comentários sobre “Resenha: This Is A Call – A música e a vida de Dave Grohl, por Paul Branning.

  1. Rayme Datsch disse:

    adorei a resenha. tbm gosto bastante do Foo Fighters!
    a diagramação do livro é linda eim ;o
    pretendo ler este livro ainda, só não sei quando =/
    e aqui nas livrarias onde moro não encontrei, então acho que terei que comprar pela net né 😦

  2. Yohanna Elizabeth disse:

    Nossa, quando esse livro lançou, fiquei louca para poder lê-lo. Mas acabou, que nem comprei e nem li haha. Lana, adorei sua resenha. O livro – assim como eu já esperava – parece ser muito bom! E que amor pelo Dave hein? *U* É , ele é ótimo mesmo!

    Beijos

Obrigado por passar pelo In The Sky.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s