Resenha de série: Roswell

Por Elana (@elanamoreira / Huntersculture)


Oi gente, tudo bem?
 Hoje eu vou falar de uma série um pouco antiga. Eu não me lembro de como ouvi falar dela, mas sei que baixei e deixei aqui parada. Essa semana, do nada, resolvi assistir e estou apaixonada!!! Estou quase terminando a 1 temporada, de tao viciante que é!

Roswell, também conhecida por “Roswell High” por ser baseada nos livros de Melinda Metz com o mesmo nome, foi uma série de televisão de ficção cientifica criada por Jason Katims, que passou nos EUA entre Outubro de 1999 e Maio de 2002, inicialmente no canal The WB e posteriormente passou para o canal UPN. A série combina os dramas de adolescência com ficção científica, humor e conspirações governamentais.

Conta a história de três extraterrestres que caíram em Roswell, Novo México em 1947, no que ficou conhecido como o caso Roswell. Anos após este acidente três crianças são descobertas a vaguear pelo deserto. São acolhidos e tentam manter-se unidos e não revelar este segredo que nem mesmo eles conseguem compreender. Em Setembro de 1999, dá-se um tiroteio no café Crashdown onde Liz Parker é atingida. Max sem pensar duas vezes, salva-a com os seus poderes. A partir desse dia nada é como antes…

Roswell é conhecida pelo fato de vários estudiosos acharem que em 1947 uma nave espacial caiu em uma fazenda por lá. Ninguem nunca conseguiu provar nada, mas algumas pessoas são fanáticas com o fato de acharem que realmente existam extraterrestres e passam a vida procurando por eles.

Max, Michel e Isabel são três extraterrestres que caíram na terra nessa queda e alguns anos depois, são encontrados sozinhos, no deserto. Eles já tem a aparência de crianças de 6 anos. Max e Isabel são adotados por uma família e Michel é adotado por um homem. Eles sabem o que são, sabem dos seus poderes, mas não sabem de onde vieram e porque estão aqui. Como são os únicos extraterrestres que conhecem, eles se tratam como irmãos e protegem uns aos outros e seus segredos.
 Porém, um dia, enquanto Max e Michael estão na lanchonete da cidade, ocorre um tiroteio e uma bala atinge Liz Parker. A garota que Max sempre gostou. Então, ele simplesmente não consegue deixa-la morrer e a salva. É claro que a partir desse momento, algumas pessoas começam a desconfiar, apesar de ele tentar disfarçar o fato.
 Como diz na sinopse, nada mais será como antes. Ele terá que se explicar para Liz, mas ele mesmo não tem muitas explicações para dar, pois todo o seu passado é um mistérios até mesmo para eles.

Começa então a surgir várias pistas do que eles são, de onde eles vem, porque estão aqui, se existe ou não outros como eles. Começa então uma busca por todas essas perguntas. O fato é que essa busca promete não ser fácil e as vezes nem segura. E existe a vida de outras pessoas em jogo.
 Max é o mais sério e responsável dos três. Ele que toma a maioria das decisões, e elas geralmente estão corretas. Fora o fato que ele não pode deixar a garota que ele ama, morrer, e assim, começar a complicar as coisas.

Isabel é uma garota bonita e metida, que gosta da vida que tem e usa seus poderes apenas para se divertir. Ao mesmo tempo que ela quer descobrir sobre seu passado, ela tem medo, pois ama a familia adotiva e quer continuar vivendo como humana.

Michael é o rebelde. Ele não teve a sorte de ser adotado por uma ótima família como Max e Isabel e por isso é o que mais quer descobrir sobre todos os segredos. Ele se sente sozinho no mundo e tem certeza que há alguém esperando por eles, em outro lugar. Mas para descobrir tudo isso, ele as vezes não age racionalmente, e isso se torna perigoso para todos.

Liz vivia sua vida normal, com seu namorado Kyle, mas desde que o incidente aconteceu, ela se viu envolvida nisso. Mas não se importou, porque também gosta de Max e apenas o quer ajudar. É claro que não será fácil se envolver com extraterrestres, mas ela é mais forte do que parece ser.

Também temos Maria e Alex, que são melhores amigos de Liz e também se veem envolvidos nisso. Eles são ótimos e realmente tentam ajudar em tudo o que podem. Claro, depois de se verem recuperados do susto. Não é todo dia que você descobre que na verdade extraterrestres existem sim e não é apenas fruto da imaginação dos loucos de Roswell.
 Um dos pontos que a trama explora é a relação dos “tcheslovacos” com os humanos. Ate que ponto essa relação pode chegar e o que pode acontecer. Seria perigoso ou não? O quanto sera diferente de humano com humano? É bem interessante.

Outros pontos são justamente a busca por todas as respostas e claro, a perseguição das pessoas em relação a eles, principalmente do governo e do FBI. Existem muitas conspirações e não é fácil fingir pra todo mundo que você é apenas um humano. Porque não é.

A série realmente me prendeu. Entre os romances que são ótimos, os personagens muito bem criados, ainda tem todo o mistério, que não deixa você parar de assistir, porque quer descobrir tanto quanto eles.
 * Curiosidade: O jornal dos créditos iniciais é verdadeiro e a notícia fala do caso Roswell e da queda de um OVNI em Julho de 1947.

Trailer:

Anúncios

5 comentários sobre “Resenha de série: Roswell

  1. Rayme disse:

    nuuuunca ouvi falar desta serie hahaha
    essa atora que interpreta Isabel não me é estranha ^o)
    bom, não custa nada eu assistir a uns episódios 😛

Obrigado por passar pelo In The Sky.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s