Crônicas&Desabafos: Simpatia e Antipatia.




Oi amores tudo bem?

Hoje comentei em diversos blogs, amigos, parceiros, retribuindo visita de leitores e respondendo e-mails de alguns. Um e-mail chamou minha atenção, não vou falar autoria, mas achei que a pessoa em questão (que foi super fofa!) merecia uma resposta altura. (Antes que alguém ache ruim, perguntei a pessoa se poderia responder com um post no blog!!!)
Vamos à pergunta?

“Gosto muito do seu blog. Acho sincero e toda equipe dedica-se muito com o trabalho.
Mas gostaria de perguntar algo e espero que não se ofenda. Já li diversos comentários seus onde falar que não gosta de Nicholas Sparks. Afinal qual antipatia?”

É simples! Acho o cara muito comercial. Ponto é isso.
Ok. Ok, antes que todos os fãs dele me mandem e-mails ou comentários ofensivos vamos aos pontos.

Não posso negar que ele sabe o que faz. Nicholas Sparks escreve super bem sim e se alguém fale o contrário certamente não é muito habito a leitura né?
Seus romances são lidos, vendidos, admirados no Mundo todo. Difícil você achar alguém que torça o nariz para as obras de Nicholas.
Em sua grande maioria os fãs vêem dos filmes ou vice e versa. – Nem quero saber a treta deles no meio disso tudo, não me interessa.
Li Diário de uma Paixão, Noites de Tormenta (lindo por sinal), O Milagre, Um homem de sorte (exatamente nesta ordem) – o único livro dele na qual posso dizer que gostei mesmo foi O Milagre, que ironicamente já li que muitos fãs da obra do autor não gostam, olhem só!!!!!

No meu ponto de vista, os romances dele são quase sempre a mesma coisa, o que para a minha leitura – LEIAM BEM “PARA A MINHA LEITURA”, não agrada nenhum pouco. Pois já vou lendo e já sei exatamente como vai terminar. Desculpem mas isso me lembra Malhação onde só muda os personagens, é tudo a mesma coisa.


Tenho um gosto para leitura muito particular. Do mesmo jeito que gosto de Harlan Coben, um mestre dos novos Thrillers, gosto de Lycia Barros, que escreveu lindos romances.
Não curto muito livro em série, tão pouco trilogias – odeio o fato de ter que ficar esperando o próximo livro para saber qual rumo tal personagem vai tomar. Mas virei fã da série Faeriewalker de Jenna Black, estou louca para ler a continuação de Outono dos Sonhos de Adriana Brazil e de tanto ser viciada na série Dexter acabei pegando gosto pelos livros da mesma, vai entender não é mesmo?

Mas tenho uma antipatia muito grande, muito grande mesmo com Nicholas Sparks, A Saga Crepúsculo. Não é pré-conceito não. Já tentei inclusive ler Crepúsculo, mas senti nas primeiras páginas que não ia gostar e não gostei mesmo e todo esse bafafá… Enfim.

Quando você não gosta de um livro ou autor é assim mesmo. As pessoas têm gostos diferentes, sentimentos diferentes. Você e eu podemos ler o mesmo livro, vamos gostar dele, mas o livro vai passar uma coisa diferente para cada um. Alguns se sentem mais próximos das histórias, outros dão mais importância aos diálogos e assim por diante.

Da mesma forma que não gosto de Nicholas Sparks, alguém também não gosta de Carlos Ruiz Záfon e Harlan Coben como eu gosto. É questão de afinidade com o que eles escrevem.
Todos temos um gosto para leitura. Seja Nicholas ou Záfon, o importante é ler e poder passar para as pessoas seu verdadeiro sentimento por aquilo escrito no livro o resto é respeitar! Respeitar sempre!
É isso aí. Beijos amores, até!

Anúncios

19 comentários sobre “Crônicas&Desabafos: Simpatia e Antipatia.

  1. *—————-* que lindo seu desabafo! Amei! Falou tudo…. pena que algumas pessoas são fanáticas e levam as coisas muito a sério!
    E isso acaba causando desrespeito, espero que nenhum ‘leitor’ cometa este erro com você.
    Digo leitor entre aspas porque o verdadeiro entende e sabe lidar com as distinções principalmente críticas (NÃO ESTOU INSINUANDO QUE A PERGUNTA DO INDIVÍDUO SEJA UMA CRÍTICA! Por favor não me entendam mal rs!)

    A cada dia que se passa me apaixono mais por este lindo blog ♥

    Também não sou muito fã de séries, apenas as que não estão completamente publicadas, mas obviamente que há exceções como por exemplo o Outono de Sonhos (também porque me apaixonei pela Helen e Andrew! E a Adriana é super simpática e atenciosa com seus leitores!)
    Comecei a ter “receios” em ler séries porque muitas vezes acontece da demora de ser publicado no Brasil. Como por exemplo série Anita Blake – A Caçadora de Vampiros.

    Esta série possui 21 livros publicados, e no Brasil só foi até o 4º que acabou de ser lançado pela Editora Rocco, infelizmente não tenho $tempo$ para comprá-los…. se é que me entende rsrsrs… mas enfim é difícil você gostar de uma série e não ter a possibilidade de lê-la até o final…. é tão triste ='(

    Beijos,

    Marinara Ferreira

    • Helana Ohara disse:

      Pois é…Eu senti que precisava explicar mesmo o motivo na qual não gosto do autor. Não gosto mesmo!
      Mas isso não significa que ele seja ruim né?

      Quanto as séries sempre têm aquelas exceções na vida né? Não adianta. Começei a ler Dexter por pura curiosidade, agora já peguei amor pelos livros dele como pela série de TV, coisa de doido ASHUAHSAUSHAS.

      Obrigado pelo carinho, o In The Sky sempre vai ter as portar abertas pra ti Marinara ♥

  2. Olha que coincidência, postei hoje no blog uma resenha de O Milagre e você fala dele. rsrs Mas enfim, uma coisa que me chamou a atenção no que você falou, esse livro foi o primeiro do Nicholas Sparks que li e gostei dele. Como você falou, tem livro que a gente no início já sabe tudo o que vai acontecer e como vai terminar (eu tenho o mal de adivinhar essas coisas, acaba com a minha leitura), mas em O Milagre eu pelo menos não “adivinhei” o final, fui morrendo até o fim.
    Ok, eu estou divagando e até já esqueci o que eu queria inicialmente com o comentário, mas ok. O fato é que não possa dar muita opinião já que o único dele que li parece ter sido o que saiu do estilo dele de escrita. rsrs Vou ter que ler outro para opinar. 🙂
    Mas voltando, realmente essa história de gosto é complicada, um exemplo meu é a Marian Keyes. Os livros dela são bem vendidos, bem comentados e tudo mais, eu particularmente comprei um livro dela apenas pelo currículo, porque os títulos dela não chamam muito minha atenção, quem dirá as capas, mas enfim, comprei, li e não gostei. Ok, acho o comentário não gostei forte, mas não fez o meu estilo. O livro é bom? É. Mas ela divaga de mais, e olha que eu entendo de divagar, porque faço isso sempre, mas ela faz de mais. Ela extrapola o ponto de vamos mostrar a vida de mais de um personagem, ela mostra a vida de gente de mais e partes desnecessárias de mais. Pelo menos no livro que eu li. Quando eu tiver coragem – e poem coragem nisso, porque os livros dela são bem caros -, vou ler outros. É, acho que era isso que eu queria falar inicialmente.
    Desculpe o meu texto, as divagações e tudo o mais. rsrs
    Laury

    • Helana Ohara disse:

      Laury! Não é coincidência não. Eu li sua resenha e logo depois respondi o e-mail da menina perguntando se tinha problema em escrever um post sobre o assunto. Pelo que li tu gosto do livro O Milagre né? *-*
      Mas a mais a maioria acha o livro ruim, não entendo por que. E tem outro… estava querendo escrever sobre o assunto tem tempo, mas fui deixando, deixando…

      Sabe? Marian Keyes é bacana. Não sou fã dela nem nada, li seus livros e devo dizer que não achei tudo aquilo. Gostei mesmo de Férias apenas. Tanto Keyes como Sparks tem muita repetição, no meu ver isso cansa um pouco.
      Seu ponto de vista mostra que todos temos antipatia com algum autor.. E temos mesmo, não dá pra negar.
      Beijão ♥

      • Eu gostei sem de O Milagre, ou melhor adorei, achei muito bom mesmo. Eu nem sabia que as pessoas achavam ele ruim, agora que descobri também não entendo o por que, mas ok.
        Não li Férias então não posso falar se é bom, o que eu li foi Sushi e eu realmente esperava mais, principalmente pelo tanto que falam dela e tal. E realmente, repetição cansa e é impossível todos gostarem de um autor.
        Beijos ;*

  3. marli carmen disse:

    Querida!!! Eu AMEI o seu post! Não há nenhum problema em não gostar de uma determinado “autor”…nós somos leitores livres! Faz muuuito tempo que li alguns livros do Nicholas…foi através da reader’s digest…li O Milagre- amei…li Um ano inesquecível–adorei e cherei…e mais um..já não lembro o nome…não consegui continuar lendo Nicholas pq concordo com vc …ele é repetitivo…e eu não gosto disso em um autor…entendo quando é trilogia e série…mas quando não é…outros dois auotres que parei de ler são Augusto Cury e Paulo Coelho..pois até utilizam o mesmo leque linguístico nos livros..mas assim: eu admiros os autores pq eles conseguiram chegar lá!! Admiro muito..só não mais….
    Princesa, quero aproveitar para convidar vc para conhecer o novo layout do meu blog. Pouco a pouco quero torná-lo mais a minha cara…ainda falta muito na questão do conteúdo…tenho muita vontade de escrever post melhores..mas falta tempo…espero que quando eu terminar a faculdade consiga fazer do blog o cantinho que sempre desejei! Estou tentando! hehehe Um grande beijo no seu coração !
    Gosto muito de você!

  4. marli carmen disse:

    Querida!!! Eu AMEI o seu post! Não há nenhum problema em não gostar de uma determinado “autor”…nós somos leitores livres! Faz muuuito tempo que li alguns livros do Nicholas…foi através da reader’s digest…li O Milagre- amei…li Um ano inesquecível–adorei e chorei…e mais um..já não lembro o nome…não consegui continuar lendo Nicholas pq concordo com vc …ele é repetitivo…e eu não gosto disso em um autor…entendo quando é trilogia e série…mas quando não é…outros dois autores que parei de ler são Augusto Cury e Paulo Coelho..pois até utilizam o mesmo leque linguístico nos livros..mas assim: eu admiros os autores pq eles conseguiram chegar lá!! Admiro muito..só não leio mais….
    Princesa, quero aproveitar para convidar vc para conhecer o novo layout do meu blog. Pouco a pouco quero torná-lo mais a minha cara…ainda falta muito na questão do conteúdo…tenho muita vontade de escrever post melhores..mas falta tempo…espero que quando eu terminar a faculdade consiga fazer do blog o cantinho que sempre desejei! Estou tentando! hehehe Um grande beijo no seu coração !
    Gosto muito de você!

    • Helana Ohara disse:

      Oi Marli,
      você também acha isso dele. É até estranho pra mim saber que outra pessoa acha ele meio repetitivo. É verdade, mas se for falar isso para um grande fã dele, capaz de nos jogarem pedras.
      É o que sempre falo e inclusive respondi para uma leitora a pouco. Todos temos uma antipatia com algum autor, é comum isso. Se todos gostassem de Senhor dos Anéis, o que seria de Harry Potter?????????????????? Pois é.

      O Layout do seu blog tá lindo eu vi ele agora pouco.
      Beijinhos e SUCESSO

  5. alinetkm disse:

    Gostei muito do seu post! Eu só li um livro do Sparks até hoje (Um Amor Para Recordar) e não curti, apesar de já ter visto o filme há alguns anos e ter gostado. A mesma coisa foi com a saga Crepúsculo. Não gostei dos livros e da escrita da autora, mas gosto dos filmes (estão bem longe de ser meus favoritos, mas me entretêm). O que me “irrita” não é o fato de ser comercial. Todo mundo sabe que receitinha de bolo vende mesmo e geralmente tem ótima aceitação. Mas eu, particularmente, prefiro quando há algo um pouco diferenciado, excêntrico até (por que não?), que faça com que a receitinha habitual não fique tão manjada.

    bjão
    escrevendoloucamente.blogspot.com

    • Helana Ohara disse:

      Pois é.. Mesma coisa acontece comigo com Harry Potter, não gostei do livro (li o primeiro), mas tenho uma verdadeira adoração pelos filmes.
      Crepúsculo já não se encaixa em nada, pois no meu ponto de vista a autora já escreveu um livro pensando em grande, sei lá 😦

      Gosto de livros que misturem um pouco de cada coisa, que me surpreendam, isso sim vale a pena.

  6. Como diria a minha mãe, “Ainda bem que tem gente que gosta de azul! Afinal, o que seria do vermelho se todo mundo só gostasse de amarelo?”

    São as diferenças que nos fazem pessoas ímpares.

    Eu também não gosto de Crepúsculo. Li o primeiro livro inteiro e me arrependo, podia ter gasto o tempo lendo outra coisa. Mas, se tem gente que não sabe conviver com essas coisas, eu só lamento. Nem Jesus Cristo foi unânime.

    Abraços!
    Karen Soarele
    http://www.karensoarele.com.br

    • Helana Ohara disse:

      Pois é… Ser diferente é algo único no ser humano.
      Como respondi a uma leitora. Se todos gostassem de O Senhor dos Anéis o que seria de Harry Potter? 😦

  7. Rayme Arenhart Datsch disse:

    não sou muito fã de séries e trilogias pq normalmente começam bons, e lá pelo 3° livro fica uma bosta! 😦
    gosto muito dos livros do Nicholas e sei que muitas pessoas não gostam dele. eu sei que ele é clichê e que quando se começa a ler um livro dele já se sabe o final. Mas cara, preciso de um pouco de romantismo na minha vida, e é nos livros dele que encontro.
    Gosto, principalmente, da escrita dele, que eu acho fantástica!
    quando terminei de ler O Milagre tive que voltar na capa para ler o nome do autor novamente, pq não senti que o livro era dele. ele fugiu um pouco da sua forma habitual.
    não vou mais seguir seu blog só pq vc não gosta do Nicholas!
    hahaha, brinks…
    todo mundo tem o direito de expressar sua opinião. claro que as pessoas não deve falar mal sem nunca ter lido, mas no seu caso é diferente.
    da mesma forma que eu leio resenhas aqui de livros que eu não gosto, vc tbm tem o direito que não gostar de livros que os seus leitores gostam e são fãs.
    é isso ai 😛

    • Helana Ohara disse:

      Pois é… Tem muitos outros livros de romance no Mundo.. Mas cada um gosta de uma coisa!! A vida é assim e respeitar o gosto das pessoas é o que podemos fazer de mais correto.

      O que me deixa ás vezes meio louca é quando você diz que não gosta de um livro ou autor, ou até um filme tem gente que te olha feio. Ah isso me deixa doida, sinceramente. Nem eu e nem você precisamos gostar das mesmas coisas né?
      Beijos no coração ♥

  8. rsrsrs
    Realmente gosto não se discute, se respeita não é?!
    Gosto da sinceridade da Lana e de não ter medo em dizer do que gosta e do que não gosta com medo de perder ou deixar de conquistar parcerias.
    Amo Nicholas, Amo Crepúsculo, AMO AMO AMO romances de qualquer forma… sou uma romântica inveterada, ponto! E fico mesmo frustrada quando os romances não terminam com “e foram felizes para sempre” sabem pq? Pq de realidade já basta a vida, então que os romances tenham mesmo algo de fantastico e fantasioso, pelo menos assim, em algum momento de nossas vidas podemos “viver” a vida de outra pessoa, outras experiências, outros lugares, sem nem mesmo sairmos do lugar.

    Beijos
    Chrys

  9. Yohanna Elizabeth disse:

    Eu gosto de Nicholas, (de certo modo), mas só li, até hoje, dois livros do mesmo.
    Não é sempre que tenho paciência para poder ler um livro dele. Ele escreve muito bem, são histórias super lindas… mas, eu adoro suspenses, livros de psicologia, etc. Livros que exijam de minha inteligência. E, assim como você disse, eu SEMPRE sei, antes da página 100, o que acontecerá no final dos livros. É incrível. Por isso que sempre digo: ele é um autor Bom sim, que escreve muito bem. Mas se você estiver procurando algo para te surpreender, esqueça, não é com ele. E isso vem de cada um! Gosto é gosto! Não há como mudar isso. Eu também não curto séries, trilogias, e nem fantasia. Acho que não li nenhuma até hoje, juro. Mas, ultimamente, estou abrindo portas para novas leituras. E adoro quando respeitam meu gosto literário, que é bem restrito.
    Adorei seu post, Lana!

    Beijos

Obrigado por passar pelo In The Sky.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s