Resenha: Contagem de Corpos {Laís Maria da Cruz}

Sempre disse a Laís que deveria investir no lado escritora dela. Não é porque ela é minha amiga, mas sim, porque ela tem talento. Claro, sou suspeita a falar, pois já li muito texto bacana que escreveu e devo dizer a vocês que ela têm um talento maravilhoso na ponta dos dedos e não deve ser desperdiçado.
E para minha sorte, acho que ela escutou e por fim está escrevendo um livro.
E hoje em primeira mão trouxe a 1° resenha dele para vocês. Quero lembra-los que o livro ainda está sendo escrito, dando aqueles “toques finais“, ela não mandou para nenhuma Editora no momento, mas pude ler, ela queria muito minha opinião e claro eu não iria negar isso.
Visitem o Blog dela: I Feel Pretty/Underpretty

Contagem de Corpos – Laís Maria da Cruz.

“Em uma pequena cidade esquecida no interior do estado de São Paulo, mulheres estão sendo assassinadas de forma brutal e sem razão ou conexão aparentes. Quando a polícia local não consegue pistas de quem está por trás das mortes, um detetive é enviado da capital para ajudá-los. Felipe, um detetive renomado do Departamento de Investigações sobre Narcóticos, teve sua ficha manchada e, como certa forma de castigo, foi para a pequena Porto das Estrelas. Lá, ele deve se unir a Natália, detetive local e sobrinha do chefe da delegacia local formada em Direito. Mais assassinatos ocorrem à medida que os policiais ficam cada dia mais longe de descobrir o culpado pelos crimes.”
_______________________________________________________________________________________________
A autora nos apresenta Felipe um detetive da capital São Paulo que por injustiça é afastado do cargo e mandado a uma pequena cidade, Porto das Estrelas, Felipe deveria ajudar a policia local a investigar uma série de assassinatos pela cidade.

Em Porto das Estrelas nosso detetive conhece Natália, uma jovem advogada que tem um futuro brilhante pela frente, mas que não deixa o interior por causa da sua família. E conhece também o tio dela delegado local, João e o policial Bruno.

Com pouca estrutura, poucos recursos, Felipe se vê de mãos atadas com o caso, mal chega na cidade e mais um assassinato. As vítimas todas morenas, jovens, solteiras. Claro, um Serial Killer tem que ter uma regrinha, né!

Laís escreveu perfeitamente bem. Impossível parar de ler o livro. O leitor que saber rapidamente qual será o final de todas aquelas tragédias na pequena cidade e qual o motivo que levou um maluco a matar tantas mulheres.

Os personagens foram escritos muito bem. Apaixonei-me por Gabi, legista amiga de Felipe, uma patricinha toda doidinha e cheia de estilo ala Reese Witherspoon em Legalmente Loira.
Felipe e Natalia dispensem comentário. Ela cresce muito durante o livro e tá rouba a cena várias vezes.

Como disse lá no começo a resenha, sou suspeita em falar, afinal a Laís é minha “sister” de coração, mas o talento dela, isso ninguém pode negar. Espero que muito em breve ela consiga uma editora e publique esse livro incrível!!


(…)- Sabe que eu to começando a gostar de você? – disse Natália, sorrindo para a outra.
– Todo mundo me ama. É só questão de tempo. – respondeu Gabriela, piscando.(…)


(…)- Calma, flor. Roma não foi construída em um dia. Embora os prédios do World Trade Center tenham sido destruídos em um dia. – disse Gabriela, ajeitando os cabelos.(…)

Anúncios

8 comentários sobre “Resenha: Contagem de Corpos {Laís Maria da Cruz}

  1. Simplesmente adorei a resenha! Adoro ver autores nacionais, tenho certeza que o livro vai ser muito bem recebido.
    Helana, gostei da forma como você descreveu o livro, mesmo sendo da sua amiga, e mesmo assim não o engrandeceu, porque o livro por si só já parece realmente bom.
    Laís, continua nesse caminho que você vai ter sucesso, procura pela MODO editora, eles só pegam manuscritos de autores nacionais.

  2. Já gostei. Amo historias assim e o nome me chamou muito a atenção.
    Ta certo que um nome não quer dizer muita coisa sobre a historia, mas quem nunca comprou um livro pelo nome ou pela capa que atire a primeira pedra rs.
    Espero que ela tenha logo uma editora. Quero muito ver a capa (mil ideias rondando a cabeça rsrs).
    Beijos

  3. Yohanna Elizabeth disse:

    Sou super suspeita em falar desse gênero de livro: AMO ♥
    O título, logo de cara, nos chama a atenção.
    Parece ser muito bom o livro. E deu até curiosidade em saber o que está acontecendo com as pessoas, e quem está matando-as, hehe.
    Sucesso à tua amiga Laís, Helana. Espero que ela consiga uma ótima editora para publicar seu livro, e que ele seja muito bem recebido!

    Beijos

Obrigado por passar pelo In The Sky.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s