Crônicas&Desabafos: Sobre sonhos e coisas assim.

Oie gente, tudo bem? Hoje vamos dar as boas vindas a Lais, a nova colaboradora do Blog!
Pra quem não conhece ela, Lais, ou a minha sis {} faz faculdade de história, lê muito, escreve muito bem, ama séries.
E tem um blog: I feel Pretty/Unpretty – ela tá começando ainda, então peço que visitem o blog dela também paras fazer uma outra blogueira no caso EU feliz ♥
E com ela agora fazendo parte do Blog, resolvi criar uma tag “Crônicas&Desabafos“, onde a gente vai escrever algumas coisinhas meio particulares. Já pensei no assunto quando escrevi o desabafo sobre sorteios aqui: Outros: Sobre sorteios, promoções, desabafo, etc. Tive uma resposta muito positiva com ele, mas explicações e afins vão ficar para outro post!!!! Bem vinda sis do meu coração!

Por Laís ( I feel Pretty/Unpretty)

Sobre sonhos e coisas assim

Bem, primeiramente e como regra de boa educação, deixe que eu me apresente. Me chamo Laís, tenho 22 anos, sou canceriana, faço faculdade de História, amo ler e escrever. Minha paixão por séries deixa algumas pessoas doentes, mas enfim. Nada é perfeito.
Por falar em perfeição, pensemos em nossas vidas. Não querendo deixar ninguém deprimido, mas você é feliz? Quer dizer, todos os dias acordamos, tomamos café e vamos à escola ou ao trabalho, na maioria das vezes.
Chegamos em casa e vamos assistir a novela das sete, fazer o jantar, ver um filme. Essa seria uma vida linda. Quantos de vocês, leitores, têm uma vida assim? Hoje em dia, nossa vida está mais assim: acordar chorando porque não quero sair da cama. Não tomar café da manhã porque uma revista disse que apenas água para desjejum é necessária. Ir trabalhar em um emprego que odeio meu trabalho, mas infelizmente não consigo outro. Chegar em casa e comer macarrão instantâneo ou biscoito recheado enquanto na TV está passando um programa de artesanato ou canais de vendas. Quem está com você em algum desses cenários? Quem faz parte da sua rotina diária? Você está feliz com ela?
O Wikipedia define felicidade como “um estado durável de plenitude, satisfação e equilíbrio físico e psíquico, em que o sofrimento e a inquietude estão ausentes”.
De acordo com essa definição, você se considera uma pessoa feliz? O que você faz para mudar sua história de vida? Você persegue seus sonhos ou deixa a vida te levar e fica na mesmice? Sonhos. Todos os temos.
Alguns são grandes e outros, menores, mas nenhum é impossível de ser alcançado. Certa vez eu vi uma reportagem sobre um senhor na casa dos sessenta anos que conseguiu seu diploma em Medicina com esta idade. Por que ele adiou seu sonho, não sei. Mas o importante é que ele persistiu e, mesmo demorando algumas décadas, ele conseguiu se graduar. Nunca mais ouvi falar desse senhor, mas aposto que ele realizou seus sonhos e, hoje em dia, atingiu a felicidade.
Não há data de expiração para um sonho. O que existe é falta de persistência, preguiça, sentimento de mesmice ou baixa estima. Se você coloca na cabeça que não vai atingir um objetivo, significa desistir dos seus sonhos.


Se você quer 
ser médico (a), não tenha medo de prestar o vestibular! Claro que há chance de você não conseguir passar na prova, mas o importante é, no futuro, você olhar para trás e dizer “Hey, eu prestei aquele vestibular, lembra?”. Eu, particularmente, prefiro me arrepender de algo que fiz e não deu certo do que olhar para trás e perceber que perdi oportunidades na vida por medo do fracasso. Afinal, quem sabe o que pode acontecer no futuro? Eu sou a Laís, e é assim que eu penso.

Anúncios

6 comentários sobre “Crônicas&Desabafos: Sobre sonhos e coisas assim.

  1. nandinhanoodle disse:

    Oi Laís!
    Gostei muito do seu texto, eu odeio rotina, mas infelizmente, vivo em uma. E a cada dia que passa mais pessoas estão aqui, mas também não é motivo para falar que é infeliz, pode até não ser feliz, mas eu acho que “infelicidade” é uma palavra muito forte para definir algum contratempo passageiro.
    Eu sou a favor de perseguir o que deseja, e mesmo que as vezes eu bata a cara no muro (muitas vezes, pra falar a verdade), eu continuo tentando porque eu acho que a vida se baseia em tentar, errar e não desistir nunca.
    Adorei o seu blog, também sou louca por séries, faço parte de dois blogs voltados para isso e adoro.
    Beijão

  2. Rayme Arenhart Datsch disse:

    Oi, seja bem vinda Laís!
    dei uma olhadinha no seu blog e achei bem interessante!
    gostei muito do seu texto, e me identifiquei com algumas coisas
    UASHUSAHUASHASUH
    beijos

  3. Oi, gemt! Laís aqui agradecendo as boas vindas e os elogios, muito obrigada mesmo. Nandinha, meu vício por séries é incrível, tem séries que eu já vi mais de quatro vezes! Enfim, sempre um textinho diferente e tal.
    Beijos ❤

  4. Yohanna Elizabeth disse:

    Olá Laís! Seja muito bem vinda nesse blog maravilhoso da Lana!
    Achei teu texto ótimo!
    Acredito, particularmente, que ninguém seja feliz por completo. Eu, por exemplo, me considero feliz claro. Mas quantas vezes me pego desanimada, há dias que choro e nem eu sei porquê. Acho que seja a rotina, a falta de algumas pessoas, até mesmo porque agora me mudei de minha cidade natal (brasília) para Minas, sinto falta de pessoas, coisas. Na minha opinião, sempre sentiremos falta de pessoas, de coisas, de momentos… e até mesmo de tudo isso que eu disse, porém que ainda não aconteceram: queremos! Somos seres que sempre estaremos desejando coisas novas.

    Enfim, adorei teu texto. Adorarei ler seus textos por aqui no blog 🙂

    Beijos

Obrigado por passar pelo In The Sky.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s