Panorama – KT Tunstall (Eye To The Telescope)


Por Michael (@MichaelBaleeiro)

Ano passado, uma das resenhas que ficaram presentes na minha coluna musical foi a do CD Extravaganza, um projeto acústico realizado pela cantora KT Tunstall. Aquele havia sido o único trabalho da cantora que tive o prazer de ouvir, até algumas semanas atrás, quando consegui o CD Eye To The Telescope. Extravaganza foi absolutamente perfeito para mim. Não sei se esse CD consegue superá-lo, mas o nível de qualidade é tão grande quanto o do trabalho comentado anteriormente.

Eye To The Telescope é o disco de estréia da KT Tunstall e a partir dele as pessoas começaram a prestar atenção nessa pessoa extremamente talentosa que é a KT. O disco abre com Other Side of The World, que é uma canção maravilhosa, da qual você termina de ouvir e quer voltar novamente. E de novo e de novo e de novo. Under The Weather é aquela balada para escutar em um dia chuvoso, frio, em casa. Como quarta música do álbum, chegamos em Black Horse and The Cherry Tree, que até ganhou uma versão apresentada pela Sandy, também comentada aqui no blog. Essa é uma das músicas mais agitadas do CD, que é cheio de acordes no violão e várias batidas de palmas junto com a base da bateria. Seguindo o mesmo estilo da música anterior, Miniature Disasters vem com muita energia também. A apresentação dessa canção ao vivo comprova todo o talento de KT Tunstall que nos deixa totalmente alegres ao ver como a cantora interage perfeitamente com os instrumentos, os tons musicais e as notas vocais.

Silent Sea é outra música calma e expressada de forma muito pessoal. Mas se existe melhor forma de KT interpretar uma canção do que em Silent Sea, é em Universe & U. Essa música é perfeita. Perfeita! PERFEITA! Meu Deus… Como alguém faz isso comigo? A versão que o álbum Extravaganza nos apresenta é em um arranjo com dedilhado, totalmente romântico. A versão de Eye To The Telescope continua com todo o romantismo e emoção que a letra trás, mas diferencia pelo arranjo mais consistente mostrado aqui. Digo novamente que essa música é perfeita. Sem mais. False Alarm é outro ponto alto do disco. Um refrão que me deixa totalmente arrepiado. Silent Sea, Universe & U e False Alarm são as melhores canções do álbum. Extremamente lindas e verdadeiras feitas por quem precisa fazer música não para vender, mas sim pelo simples prazer de fazê-la.

Com Suddenly I See chegamos à outra parte do álbum. Outra música agitada e divertida aparece para nos entreter da melhor forma possível. Provavelmente sendo a música mais conhecida de KT, Suddenly I See é a música que abre o filme O Diabo Veste Prada. Com um arranjo mais básico, seguido por uma base na guitarra muito bem executada, Stopping The Loving continua com o clima leve e descontraído do CD. Trazendo uma paz gigante a esse álbum, Heald Over é apresentada de forma magnífica, nos preparando para o fim do álbum. Through The Dark é provavelmente a canção mais emocional do álbum. Com ela também somos apresentados a um arranjo com piano, sendo acompanhado pelos outros instrumentos, fechando o álbum com chave de ouro.

Achei Extravaganza sensacional e não sei se Eye To The Telescope consegue superá-lo, mas é igualmente magnífico e cheio de sentimento. Eu indico e muito o álbum. Sem dúvidas ainda vou ouvi-lo muito… E de novo e de novo e de novo…

The Other Side of The World


Miniature Disasters


Suddenly I See


Universe & U

Anúncios

Um comentário sobre “Panorama – KT Tunstall (Eye To The Telescope)

Obrigado por passar pelo In The Sky.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s