Panorama – Depois do Fim e Leela no Centro Cultural São Paulo


Por Michael (@MichaelBaleeiro/ Estante de Cima)

No último Sábado, 19/11/2011, aconteceu no Centro Cultural São Paulo o show da banda Depois do Fim e Leela que fizeram parte do Festival Mix Brasil. Eu estava lá e falarei um pouco sobre os dois shows que não decepcionaram.

Depois do Fim já tem seis anos de estrada. A banda possui uma ótima experiência mostrando que sabe o que está fazendo quando sobe ao palco. O grupo fez a abertura do show do Leela no CCSP. A banda fez uma abertura incrível, transbordando energia para o público fiel que acompanhou tudo bem de perto e cantou as músicas junto com a vocalista Jess.

Infelizmente não conhecia o trabalho da banda e não consegui acompanhar, mas o Depois do Fim me surpreendeu muito, fazendo com que corresse atrás do ótimo trabalho que eles vêm fazendo em São Paulo. Por várias vezes a parte instrumental da banda se tornava maior que a voz da cantora, fazendo com que pessoas que não conheciam o trabalho deles (ou seja, eu) tivessem certa dificuldade de acompanhar a banda entre a melodia e a letra. Mesmo assim, ao pesquisar mais do trabalho do grupo, consegui identificar algumas das canções apresentadas no show como, por exemplo, Clichê e Nada Dura Para Sempre. Uma interpretação de Linda Demais do Roupa Nova feita por essa galera foi muito sensacional. As letras da banda falam sobre relacionamentos, esperanças e desilusões com um arranjo instrumental ótimo. As guitarras gritantes, a forte levada da bateria e a doce voz da cantora enriquecem o trabalho dessa banda incrível que vem ganhando cada vez mais espaço pelo cenário do Rock brasileiro mais do que merecido.

A banda realmente cumpriu o seu papel de forma espetacular no show. Foi impressionante acompanhar o trabalho do Depois do Fim e espero em breve acompanhá-los novamente. E dessa vez cantando junto com o resto do público.

Alguns minutos depois o Leela já estava pronto para entrar no palco. Leela começou a ter seu trabalho reconhecido em 2005 onde começaram a apresentar suas músicas como Odeio Gostar e Te procuro, sendo os singles do primeiro álbum intitulado Ver o Que Faço. No mesmo ano a banda venceu o prêmio de Artista Revelação no VMB e fez parte da trilha sonora de Malhação. Abrindo os shows que a cantora Avril Lavigne fez no Brasil a banda foi mostrando cada vez mais o seu notável trabalho que continua cada vez com mais intensidade. Em 2007 o grupo lançou seu segundo disco, Pequenas Caixas, firmando o seu trabalho entre as bandas brasileiras.

Hoje o Leela trabalha no novo álbum, com algumas canções já apresentadas aos fãs como, por exemplo, Cidade Sitiada que foi escolhida para a abertura do show. Com uma fórmula totalmente energizada a banda começou o show com o pé direito. Logo após fomos apresentados a canção Por Um Fio que é o novo single da banda. Sem perder o ânimo, tivemos a apresentação de mais dois singles seguidos, Odeio Gostar e Pequenas Caixas. Mais duas músicas inéditas, Topo Tudo e Melhor Noite, foi apresentada e recebida muito bem pelo público. Em seguida Mundo Visionário, uma música um pouco mais lenta, mas que explode com o arranjo no fim foi interpretada de forma espetacular. A letra sensacional e a arranjo intimista que logo se mostra cada vez mais forte foi um dos grandes pontos altos da noite. Voltando aos tempos de Ver o Que Faço a banda tocou Último Jantar. Um cover da música Where Is My Mind do Pixies foi apresentada logo em seguida de maneira incrível e simpática. Antes de fechar a noite, voltamos mais uma vez a 2005 para a apresentação de Te Procuro cantada pelo público com uma ótima energia. Fechando o Set List o Leela ainda tocou Mais Beleza com um fechamento espetacular.

As minhas expectativas foram mais do que atingidas por um show incrivelmente realizado. O Leela tem carisma, simpatia e energia que ultrapassa o palco. Acompanhar de perto como cada música é correspondida perfeitamente com a gravação em estúdio foi maravilhoso. A parte instrumental da banda é mais que sensacional acompanhada pela voz da Bianca Jordão que não fez feio com as notas vocais, todas em seus devidos lugares. O show apresentado pela banda foi ótimo, embora algumas das minhas canções preferidas tenham ficado de fora pelo curto período de tempo. Mesmo assim a banda cumpre muito bem o que promete.

Depois do Fim
Nada é Pra Sempre


Leela
Sou Assim

Odeio Gostar

Mundo Visionário

Anúncios

2 comentários sobre “Panorama – Depois do Fim e Leela no Centro Cultural São Paulo

  1. claudia disse:

    legal ver uma critica sincera que valoriza o trabalho das bandas de rock independentes, é bom o reconhecimento do critico que não conhecia o trabalho de uma das bandas e saber que foi buscar conhecer para poder avaliar melhor para poder escrever sobre.
    O Leela é uma banda consistente que tem um trabalho reconhecido e de ótima qualidade, especialmente nas apresentações ao vivo que sempre espelha o que é feito em estúdio.

  2. Adorei a resenha! infelizmente não pude ir ao show, mas fiquei feliz em saber o desempenho do mesmo. O Leela como sempre, arrebenta no palco. Ótimos músicos, ótimas canções e ótimo desempenho no palco. Parabéns ao site!

Obrigado por passar pelo In The Sky.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s