Resenha. Se Houver Amanhã – Sidney Sheldon.

Por Keila (@Keilakk20/ Skoob)

“A Keila é a nova colunista literária do Blog. Ela trouxe uma resenha bem legal de Sidney Sheldon.”

Se Houver Amanhã – Sidney Sheldon

Sinopse
A adorável e idealista Tracy Whitney não consegue livrar-se de uma acusação falsa e é condenada a 15 anos de prisão, pena que vai cumprir numa penitenciária da qual é impossível fugir. Ela, porém, não se abate e luta para destruir os intocáveis senhores do crime que a mandaram para lá. Suas únicas armas são a inteligência e uma estonteante beleza, e com elas Tracy se lança numa sucessão de aventuras ousadas contra os golpes inescrupulosos que lhe aplicam e desafiam tanto a Interpol como as polícias de meia dúzia de países. A ação incessante da história se movimenta de Nova Orleans a Londres, Paris, Biarritz, Madri e Amsterdam, e numa confrontação explosiva a heroina de Se Houver Amanhã encontra seu igual no irresistível Jeff Stevens, de passado tão pitoresco quanto o dela. E sempre ao fundo, vigiando e esperando, está o génio maligno Daniel Cooper, que precisa destruir Tracy, a fim de garantir sua própria salvação.

Editora: Record
Assunto: Literatura Estrangeira / Romances
ISBN: 8501026255 ISBN-13: 9788501026255
Edição: 28ª

Ano: 1997
Páginas: 402

Resenha

Começo essa resenha pensando que é uma grande responsabilidade por em palavras os sentimentos que me transpôs esse livro, e descrever uma das melhores obras do mestre Sidney Sheldon, não é uma tarefa das mais fáceis, mais saibam que pus minha alma nessas palavras, e espero que possam apreciar essa resenha.

Quem está acostumado a ler Sidney Sheldon, sabe que suas personagens são mulheres de personalidade forte, bem sucedidas e bonitas, mais como todo ser humano normal sujeitas a erros e a responder pelos mesmos, mais nossa heroína Tracy foi mais uma vítima do destino do que dos seus próprios atos, ela levava uma vida normal, trabalhava em um banco, tinha um noivo uma casa, enfim uma vida estável segundo os padrões da sociedade, mais tudo muda quando sua mãe comete suicídio; daí pra frente sua vida deu uma reviravolta que nem ela própria imaginava de repente ela se viu presa por um crime que não havia cometido, grávida e largada pelo noivo por quem acreditava estar apaixonada, mais há bem mais nessa história do que se aparenta, Tracy resolve provar sua inocência a qualquer custo, e também se vingar dos responsáveis por sua prisão e pela morte da sua mãe já que não tem mais nada a perder; as circunstâncias fazem com que ela se torne uma pessoa mais forte, decidida e também mais desconfiada de todos a sua volta, mais o mesmo destino que a pôs na pior das situações também a ajudou a sair, finalmente livre e isenta de todas as acusações entra em prática um plano para se vingar dos responsáveis reais pelos crimes dos quais ela foi acusada, Tracy teve muito tempo para planejar sua vingança e não deixou pontas soltas, cada um teve o fim merecido e causado por eles próprios.

Mais não pense que esse é o fim de tudo, estamos apenas no principio da aventura que vai se tornar a vida de Tracy, ela vai para Nova York para recomeçar, pois apesar de ter sido inocentada pelos crimes de que foi acusada, isso deixou uma mancha irreparável no seu nome e ela percebeu que não conseguiria mais viver como uma pessoa normal, sua vida nova começa nessa cidade, onde ela encontra-se com Conrad Morgan joalheiro indicado por uma ex-colega de cela, sem saber o que a aguardava nesse encontro que mudou sua vida para sempre. Em sua primeira missão ela se encontra com Jeff Stevens, nosso mocinho, cheio de charme essa é a melhor definição para esse personagem fascinante, ele e Tracy têm uma relação de amor e ódio, desde o principio, por serem rivais nos negócios, isso só torna a relação dos personagens mais intensa e apaixonada, Jeff é um personagem cativante, mais apesar de todo seu charme teve seus altos e baixos igual a Tracy, apesar de toda rivalidade entre os personagens chega um determinado momento da trama que eles tem de se unir contra um inimigo em comum, Daniel Cooper que fez do seu objetivo de vida capturar os maiores ladrões de arte e jóias da Europa, que nesse caso eram Tracy e Jeff, em uma disputa audaciosa esses dois personagens tentam se superar a cada novo trabalho, ao mesmo tempo em que tentam não ser pegos, o desfecho dessa história é surpreendente, para quem conhece Sidney Sheldon sabe que ele surpreende até nos últimos segundos de uma história e essa não foi diferente, um livro cheio de aventura e que não te deixa fechar os olhos até terminar a leitura. Um final espetacular para uma história espetacular.

Anúncios

6 comentários sobre “Resenha. Se Houver Amanhã – Sidney Sheldon.

  1. Keila, adorei sua resenha.
    O único livro que li do Sidney Sheldon, foi um chamado Corrida Pela Herança, que o professor de Literatura mandou ler, kkkk. Gostei muito.
    to aqui imaginando todos os outros que ele escreveu, inclusive esse que vc resenhou.
    Ele tem um jeito de escrever que nos prende até o final do livro.

    bjus

  2. jaq disse:

    Achei lindo essa resenha, você conseguiu me deixar curiosa,e o que será que vai acontecer?….bem, não gosto muito de ler, mais você minha amiga está me mostrando o outro lado do mundo que é a leitura, o conhecimento e você está de PARABÉNS!!!Continue assim…..bjuussss.

  3. Sara Plens disse:

    Olá Keila,
    Você já tinha me falado desse livro, mas não tinha ideia de como ele é. Infelizmente devo me dedicar totalmente ao ENEM agora, mas mesmo irei lê-lo, algum dia.
    Keila ótima resenha, nem soltou spoiler e nem deixou a desejar. Parabéns.

Obrigado por passar pelo In The Sky.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s